Recent comments

Shrek
Anybody else lose a lot of wpm simply due to the inclusion of so many ...

Holy Bible
politics religion politics religion politics religion politics religion politics religion politics religion politics religion politics ...

Thirst
Thanks

Holy Bible
I disagree, it is more than suitable to type an acronym correctly when presented in ...

Holy Bible
Well articulated argument Catrice. I believe you're absolutely correct on all your points

More

Quotes

Add a new quote

Recent quotes - Best quotes - Worst quotes -

George Orwell - A quinta dos animais
Minha vista está falhando - disse ela finalmente. - Mesmo quando eu era moça não conseguia ler o que estava escrito aí. Mas parece-me agora que parede está meio diferente. Os Sete Mandamentos são os mesmos de sempre, Benjamim? Pela primeira vez, Benjamim consentiu em quebrar sua norma, e leu para ela o que estava escrito na parede. Nada havia, agora, senão um único Mandamento dizendo: Todos os animais são iguais mas alguns animais são mais iguais do que os outros.

George Orwell - A quinta dos animais
Doze vozes gritavam cheias de ódio e eram todas iguais. Não havia dúvida, agora, quanto ao que sucedera à fisionomia dos porcos. As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já se tornara impossível distinguir quem era homem, quem era porco.

George Orwell - A quinta dos animais
A vida ia dura. O inverno foi tão frio quanto o anterior, e a quantidade de alimento ainda menor. Novamente foram reduzidas todas as rações, exceto as dos porcos e dos cachorros. Uma igualdade por demais rígida em matéria de rações, explicou Garganta, seria contrária ao espírito do Animalismo.

George Orwell - A quinta dos animais
No outono, após um tremendo e exaustivo esforço, pois a colheita se fizera ao mesmo tempo, o moinho de vento estava concluído. Restava ainda instalar a maquinaria e Whymper andava tratando das compras, mas a estrutura já estava pronta. Contra todas as dificuldades, a despeito da inexperiência, dos implementos primitivos, da falta de sorte e da perfídia de Bola-de-Neve, a obra estava concluída no exato dia marcado!

George Orwell - A quinta dos animais
Não obstante, crescia o sentimento de ódio com relação a Frederick. Certo domingo de manhã, Napoleão apareceu no celeiro e declarou que jamais, em tempo algum, admitiria vender as pilhas de madeira a Frederick; considerava abaixo de sua dignidade, disse, fazer negócios com patifes daquela espécie.

George Orwell - A quinta dos animais
Agora já não mencionavam Napoleão como "Napoleão" simplesmente. Referiam-se a ele de maneira formal, como "nosso Líder, o Camarada Napoleão," e os porcos gostavam de inventar para ele títulos tais como Pai de Todos os Bichos, Terror da Humanidade, Protetor dos Apriscos, Amigo dos Pintainhos e assim por diante.

George Orwell - A quinta dos animais
Durante aquele ano, os bichos trabalharam ainda mais que no ano anterior. A reconstrução do moinho de vento, as paredes com o dobro de espessura, sua conclusão no prazo marcado, juntamente com o trabalho normal da granja, era tudo tremendamente laborioso. Momentos houve em que lhes pareceu que estavam trabalhando mais do que no tempo de Jones, sem se alimentarem melhor.

George Orwell - A quinta dos animais
Em janeiro, a comida diminuiu. A ração de milho foi drasticamente reduzida e anunciou-se que uma ração extra de batata seria entregue em seu lugar. Descobriu-se então que a maior parte da colheita de batatas estava congelada nas pilhas, não suficientemente protegidas. Moles e descoradas, poucas continuavam comíveis. Durante dias seguidos, os bichos não tiveram senão palha e beterraba pare comer. O espectro da fome surgia à sua frente.

George Orwell - A quinta dos animais
Durante todo aquele verão o trabalho da granja andou como um relógio. Os bichos, felizes como nunca. Cada bocado de comida constituía um extremo prazer, agora que a comida era realmente deles, produzida por eles e para eles, em vez de distribuída em pequenas quantidades por um dono cheio de má vontade.

George Orwell - A quinta dos animais
O Sr. Jones, proprietário da Granja do Solar, fechou o galinheiro à noite, mas estava bêbado demais para se lembrar de fechar também as vigias. Com o facho de luz da sua lanterna balançando de um lado para o outro, atravessou cambaleante o pátio, tirou as botas na porta dos fundos, tomou um último copo de cerveja do barril que havia na copa, e foi para a cama, onde sua mulher já ressonava.

N A
Ale Santos @Savagefiction - Rastros da Resistência
Zumbi foi o maior líder e Rei de Quilombos na história do Brasil, infelizmente, nem sempre, temos a oportunidade de conhecer outros heróis e líderes. Essa Thread vai contar a saga de um deles, Benedito Meia-Légua, que assombrou os escravagistas anos antes da abolição. Seu nome original era Benedito Caravelas e viveu até 1885, um líder nato e bastante viajado, conhecia muito do nordeste. Suas andanças conferira-lhe a alcunha de "Meia-légua."

N A
Colaboradores do Wikipédia - Wiki Mahatma Gandhi
Gandhi continuou exercendo uma revolução não violenta para a Índia e, em 1942, ele e outros líderes foram presos. Ele decidiu jejuar novamente, sendo que apenas ele sobreviveu. Quando a guerra terminou, ele afirmou sobre a necessidade de "uma paz real baseada na liberdade e igualdade de todas as raças e nações." Nos últimos anos de sua vida, ele havia dito: "violência é criada por desigualdade, a não violência pela igualdade."

N A
David Allen - A arte de fazer acontecer
A arte de descansar a mente e o poder de esvaziá-la de todos os cuidados ou preocupações é provavelmente um dos segredos de nossos grandes homens. - Capitão J. A. Hatfield.

Yuval Noah Harari - Conhecimento é poder
Dos 7 bilhões de pessoas no mundo, quantas entendem realmente mecânica quântica, biologia celular ou macroeconomia? A ciência, entretanto, desfruta de enorme prestígio por causa dos novos poderes que nos concede. Presidentes e generais podem não entender física nuclear, mas entendem o que as bombas nucleares são capazes de fazer.

Yuval Noah Harari
Não há provas de que a história atua em prol dos humanos porque nos falta uma escala objetiva para medir tais benefícios. Culturas diferentes definem o bem de forma diferente, e não existe um parâmetro objetivo pelo qual julgá-las. Os vitoriosos, é claro, sempre acreditam que sua definição está correta.

Yuval Noah Harari - Sobrecarga de Memória (Sapiens: Uma Breve História da Humanidade)
Entre os anos 3500 e 3000 a C, alguns gênios sumérios desconhecidos inventaram um sistema para armazenar e processar informações fora do cérebro concebido especialmente para lidar com grandes quantidades de dados matemáticos. Com isso, os sumérios libertaram sua ordem social das limitações do cérebro humano, abrindo caminho para o surgimento de cidades, reinos e impérios. O sistema de processamento de dados inventado pelos sumérios é chamado "escrita"

Yuval Noah Harari - Sobrecarga de Memória (Sapiens: Uma Breve História da Humanidade)
A evolução não dotou os humanos com a capacidade de jogar futebol. É verdade, produziu pernas para chutar, cotovelos para cometer faltas e bocas para xingar, mas tudo o que isso nos permite fazer é praticar chutes de pênalti sozinhos.

Jair Bolsonaro - Sobre mortos pelo COVID-19
"E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre." Disse o presidente da República, em referência aos milhares de brasileiros mortos pelo Coronavírus.

Jair Bolsonaro - Alguns inocentes
Através do voto você não vai mudar nada nesse país, nada, absolutamente nada! Só vai mudar, infelizmente, se um dia nós partirmos para uma guerra civil aqui dentro, e fazendo o trabalho que o regime militar não fez: matando uns 30 mil, começando com o FHC, não deixar para fora não, matando! Se vai morrer alguns inocentes, tudo bem, tudo quanto é guerra morre inocente.

Antoine de Saint-Exupéry - O pequeno Príncipe
Caço galinhas e os homens me caçam. Todas as galinhas se parecem e todos os homens são iguais. Por isso, eu me aborreço um pouco. Se você me conquistar, minha vida ficará iluminada. Reconhecerei o ruído de uns passos que será diferente dos demais. Outros passos me fazem esconder debaixo da terra. Os seus me chamarão para fora da toca, como se fossem música.